Slider[Style1]

Style2

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style5[ImagesOnly]

Style6

A Polícia Militar levou um carro forte para a frente da agência do Banco do Brasil (BB). O objetivo era retirar o prefeito Raimundo Macedo de dentro do banco direto para o veículo.
Após uma avaliação da situação sobre o resgate, o Tenente Rosendo, que comandava a operação, desaconselhou Raimundão a deixar as dependências do BB por falta de garantias.
Há uma revolta generalizada contra a administração dele e os manifestantes exigem a sua renúncia imediata. Nas ruas, a PM temeu que se Raimundão fosse levado para o carro forte haveria risco de ele ser linchado. Ou de o carro forte ser incendiado.
Quando correu a notícia de que o prefeito já estava dentro do carro forte, o veículo foi cercado por dezenas de professores que impediram seu deslocamento.

Cerco ao prefeito de Juazeiro do Norte

Manifestantes quebravam vidros, jogavam pedras, paus, e a todo instante a PM tinha que intervir para impedir que o veículo fosse incendiado.
A presidente do Sindicato dos Servidores Municipais, Mazé dos Santos, temendo um desfecho trágico, apelou aos manifestantes para que deixem Raimundão ir embora. Em vão.
A PM pediu reforço à PM da cidade vizinha do Crato. De Fortaleza, o Secretário de Segurança, Francisco Bezerra, acompanha tudo por telefone.

Sobre João Andrade

João Eliezio Santos Andrade (João Andrade), Trindadense por natureza. Dono de um olhar altamente Futurista, nasceu na Cidade de Araripina - PE aos 11 de maio de 1995. João Andrade tem 11 irmãos todos Filhos de Maria Odetiza dos Santos Andrade e de Gerson Brando de Andrade. Desde criança sonhava em ser comunicador. Na escola era o líder dos protagonistas, hoje presidente da única Associação de Radiodifusão no município de Trindade, luta desde o ano de 2010 por uma Radio Comunitária para a população.
«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

O espaço para comentários permite que aqueles que acessam este blog possam exprimir a sua opinião em relação ao tema tratado livremente de forma que não contenha qualquer tipo de crime, viole as leis do Brasil, divulgue produtos ou serviços e spams.

As opiniões expressas nos comentários não significam a posição do Blog João Andrade.