Slider[Style1]

Style2

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style5[ImagesOnly]

Style6

27/04/2014



Vamos falar a verdade: terminar é um saco. Um relacionamento de longo prazo envolve bem mais que apenas você e seu parceiro. São muitas coisas que precisam ser “terminadas” e não somente o laço entre vocês.

Portanto, se você está considerando dar um pé na bunda de alguém, ou está pressentindo que irá levar um qualquer dia desses, dê só uma espiadinha nas 10 coisas mais chatas que constantemente nos esquecemos sobre o término. Já digo de antemão que há uma longa caminhada pela frente.


1) Quão doloroso é usar a palavra “ex”

É tão estranho você ter uma namorada e melhor amiga num dia e no outro ela não ser mais nada disso, e você tem de se policiar para não chamá-la mais de sua. Suas identidades mudaram da água pro vinho do dia pra noite. Ao falar sobre ela com algum amigo você até se embola ao chamar essa pessoa que você tanto amava de “ex”.


2) Você tem que avisar todos os seus amigos

Quando rola um término na turma, todo mundo tem que ser comunicado. É inevitável. Caso contrário, pode acontecer de um amigo seu convidar sua ex para uma festa entre amigos e você nem ficar sabendo. Para evitar certos constrangimentos, é melhor deixar a turma toda a par da situação. Assim nem você, nem sua ex, nem seus amigos vão se sentir mal passando por inconvenientes.


3) Você perde o foco

Muitos de nós caímos na noitada logo após o término, isso quando não nos enfiamos debaixo de travesseiros e só saímos de lá quando nos “recuperamos”. Hello! Existe vida após a separação, viu? Alguém precisa ir pra rua trabalhar, os amigos não vão deixar de te ligar, nem sua casa vai ficar limpa e linda num piscar de olhos. Ela vai continuar o chiqueiro que você deixou enquanto passava pelo seu momento de profunda reflexão pós-término. A realidade é que tantas coisas mudam em nossa rotina que ficamos meio sem jeito, meio sem graça, meio sem foco.


4) Você termina com a família dela também

Para alguns, essa parte é uma dádiva, já que nem todos nos damos bem com a família da namorada, mulher, ou o que for. Mas, para outros, pode ser um momento muito difícil ter que se desligar de pessoas que fizeram parte da sua vida.


5) Você não tem ninguém para sair

Claro que você tem: seus amigos. Mas não tem mais uma parceira para te acompanhar àquela festa de casamento que você já até confirmou presença. E o que você faz nessas horas? Comprar um vaso de presente e enchê-lo de lágrimas?


6) As pessoas esperam que você se sinta e aja de um jeito específico

Essa é uma das piores partes de terminar um relacionamento. Se você está muito pra cima eventualmente rola aquele comentário; “nossa, você está superando bem mesmo, hein?!”. Se está muito pra baixo, não vão faltar diretas como “cara, não é pra tanto, ninguém morreu também, abre a cabeça!”. Não dá pra agradar gregos e troianos, portanto sinta-se livre para agir como quiser: ninguém está na sua pele.


7) A hora do banho é um desafio

Qual a relação entre tristeza e tomar banho? Não sei, só sei que tem alguma. Não sei o que acontece, mas quando estamos naquela bad total simplesmente viramos um mendigo. Não conseguimos nos exercitar, nem comer com muito apetite, muito menos dormir!


8) Você tem que atualizar o status no Facebook

What? Pois é, você quase se esqueceu dessa, né? Mas então, aquelas milhões de fotos de vocês no seu Face não vão desaparecer sozinhas, ainda mais se a sua foto do perfil for de vocês dois. Tem coisa pior do que ter que rever todas essas fotos e se lembrar de que agora você é solteiro? Oh céus!


9) Qualquer mínima rejeição parece pessoal

Neste momento geralmente estamos hipersensíveis e qualquer rejeição é motivo para levarmos para o lado pessoal. Desde rejeições no trabalho a perder um follower no Twitter, não importa, vai doer mais do que o normal.

10) Às vezes simplesmente não queremos falar mal da ex.

Muitos amigos vão te ver triste e vir com aquele comentário do tipo “Relaxa, essa mina era uma idiota!”, ou “Ela não é o tipo de mulher pra você”. Talvez eles façam isso para te reanimar e te dar esperanças de encontrar alguém melhor. Mas a questão é que, quando acabamos de terminar e ainda gostamos da pessoa, é difícil simplesmente concordarmos com esses comentários. Até porque você sabe muito bem que não namoraria uma "idiota", ou o tipo errado de mulher para você. O mais difícil aqui seria ter que defender sua ex pro seu amigo. Chato, né?

Joãozinho Andrade/Yahoo Mulher 

Sobre João Andrade

João Eliezio Santos Andrade (João Andrade), Trindadense por natureza. Dono de um olhar altamente Futurista, nasceu na Cidade de Araripina - PE aos 11 de maio de 1995. João Andrade tem 11 irmãos todos Filhos de Maria Odetiza dos Santos Andrade e de Gerson Brando de Andrade. Desde criança sonhava em ser comunicador. Na escola era o líder dos protagonistas, hoje presidente da única Associação de Radiodifusão no município de Trindade, luta desde o ano de 2010 por uma Radio Comunitária para a população.
«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

O espaço para comentários permite que aqueles que acessam este blog possam exprimir a sua opinião em relação ao tema tratado livremente de forma que não contenha qualquer tipo de crime, viole as leis do Brasil, divulgue produtos ou serviços e spams.

As opiniões expressas nos comentários não significam a posição do Blog João Andrade.

Assine