Slider[Style1]

Style2

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style5[ImagesOnly]

Style6

04/04/2014




Começou a terceira fase. Primeiro jogo do grupo A foi entre Polícia Militar e Trindade. As duas equipes conseguiram a classificação para esta fase na decisão pelos pênaltis, então, problemas com emoções fortes as equipes não tem. 

No primeiro tempo pareceu que a equipe de Trindade estava com mais vontade de levar essa partida. Com uma defesa muito bem armada não deixando, em momento algum, qualquer jogador da PM livre para chegar ao gol, trataram logo de marcar o seu primeiro gol aos cinco minutos com Luan, aproveitando o rebote na tentativa de defesa do goleiro Lagartixa da PM, que mandou a bola para dentro no canto superior esquerdo. 

O segundo gol de Trindade saiu pelos pés de Janes, que também aproveitou mais um rebote da defesa de Lagartixa, e mandou um chutão para o fundo do gol. 

Mesmo com muito mais posse de bola durante o primeiro tempo, a equipe da Polícia Militar chegou poucas vezes à área de Trindade e na maioria das vezes pelo lado direito, mas a finalização não aconteceu. 

O segundo tempo começou fervendo. O time da PM parece ter levado uma “chamada” do técnico Márcio Matias no intervalo, pois logo aos três minutos Milsinho tratou de marcar o primeiro gol ao mandar uma bomba para o gol de Mael que não conseguiu chegar do lado esquerdo para fazer a defesa. 

Nos cinco minutos finais o time da PM decidiu jogar com goleiro/linha tentando aumentar o ataque e empatar o jogo. De fato, o volume do jogo e as emoções aumentaram. O time da PM correu atrás no placar com inúmeras tentativas de gol, foi nervoso, tanto que os jogadores da Polícia Militar pediram pênalti alegando que, Dyego Tarcísio de Trindade, teria interceptado a bola com o braço quando a PM estava em chance clara de gol. Mas como no jogo só pode sair um ganhando, dessa vez deu Trindade ganhando de 2 a 1. 

Uma ressalva que o time de Trindade merece é que seu time é formado por jogadores da própria cidade e a cada partida vêm demonstrando uma crescente no seu desempenho em quadra, reflexo do bom conjunto que o técnico Aldo Jeferson formou.
O “Craque do Jogo” também foi de Trindade. Luan, camisa 9 foi escolhido mais uma vez. 

A próxima partida das duas equipes pelo Grupo A são contra Curaçá. Trindade enfrenta a equipe baiana dia 3 de abril, já a Polícia Militar terá mais um tempo para descansar (ou se arrumar), pois só jogará no dia 5 de abril. Independente do dia a pedreira será grande, já que o time de Curaçá tem um retrospecto de vitórias e uma torcida que faz diferença na hora do jogo.

Joãozinho Andrade com Fotos de: Amanda Lima e Texto do Blog Lagoa Grande Esporte

Sobre João Andrade

João Eliezio Santos Andrade (João Andrade), Trindadense por natureza. Dono de um olhar altamente Futurista, nasceu na Cidade de Araripina - PE aos 11 de maio de 1995. João Andrade tem 11 irmãos todos Filhos de Maria Odetiza dos Santos Andrade e de Gerson Brando de Andrade. Desde criança sonhava em ser comunicador. Na escola era o líder dos protagonistas, hoje presidente da única Associação de Radiodifusão no município de Trindade, luta desde o ano de 2010 por uma Radio Comunitária para a população.
«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

O espaço para comentários permite que aqueles que acessam este blog possam exprimir a sua opinião em relação ao tema tratado livremente de forma que não contenha qualquer tipo de crime, viole as leis do Brasil, divulgue produtos ou serviços e spams.

As opiniões expressas nos comentários não significam a posição do Blog João Andrade.

Assine