Slider[Style1]

Style2

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style5[ImagesOnly]

Style6

eduardo_camposescada3
Cumprindo a agenda como pré-candidato à Presidência da República na cidade de Crato, no Ceará, o ex-governador Eduardo Campos (PSB) colocou-se neste domingo (1) como única via para o Brasil “mudar para melhor”.

“Entendemos que somos a única possibilidade que o Brasil tem de mudar para melhor. É a chance para unir o Brasil e aposentar a velha política que hoje, em Brasília, afronta a consciência. Vamos colocar na oposição os fisiológicos e os atrasados. Vamos tirar a política do século 19 e levá-la para o século 21″, defendeu, em entrevista a jornalistas da região.
Outro ponto bastante criticado pelo ex-governador trata da forma de repasse de recursos para prefeituras através do governo federal.  Eduardo prometeu um repasse simplificado, caso eleito.

“Para um prefeito que quer arrumar um dinheiro para construir uma quadra de futebol, uma creche, ele precisa de 32 documentos em Brasília, mais da metade desses do próprio governo federal. Essa é uma visão atrasada, é preciso simplificar e agilizar a gestão pública”, disparou o presidenciável.

Em solo nordestino, o pré-candidato também criticou os atrasos na obra da Transposição e alfinetou que Dilma começou a campanha da reeleição muito cedo.
“Vejam as obras estruturantes do governo federal para o Nordeste, como a Transposição, a presidente prometeu na campanha que entregariam [a obra]. Ela vai para outra campanha e não conseguiram. Aliás, para ela a campanha começou muito cedo. E a gente não vê essa água chegar nas torneiras. A obra da Transnordestina chegou, no governo Lula, a empregar 8 mil operários construindo ela, e hoje está literalmente parada e ela [Dilma] vai vir para mais uma campanha e dizer que vai fazer. Temos que concluir essas obras e começar outras”, defendeu o pré-candidato.

Sobre João Andrade

João Eliezio Santos Andrade (João Andrade), Trindadense por natureza. Dono de um olhar altamente Futurista, nasceu na Cidade de Araripina - PE aos 11 de maio de 1995. João Andrade tem 11 irmãos todos Filhos de Maria Odetiza dos Santos Andrade e de Gerson Brando de Andrade. Desde criança sonhava em ser comunicador. Na escola era o líder dos protagonistas, hoje presidente da única Associação de Radiodifusão no município de Trindade, luta desde o ano de 2010 por uma Radio Comunitária para a população.
«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

O espaço para comentários permite que aqueles que acessam este blog possam exprimir a sua opinião em relação ao tema tratado livremente de forma que não contenha qualquer tipo de crime, viole as leis do Brasil, divulgue produtos ou serviços e spams.

As opiniões expressas nos comentários não significam a posição do Blog João Andrade.

Assine