Slider[Style1]

Style2

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style5[ImagesOnly]

Style6



O deputado federal Gonzaga Patriota (PSB/PE) apresentou o Projeto de Lei nº 7643 que torna obrigatório o uso de câmera de marcha à ré nos veículos automotores de transporte de passageiros, do tipo utilitários esportivos, sedãs e picapes.

A medida irá diminuir o número de acidentes envolvendo carros em marcha ré e cita o exemplo dos Estados Unidos: “Problemas relacionados à falta de visibilidade traseira provocam cerca de 228 mortes e 17 mil feridos todos os anos nos Estados Unidos. Quase 100 crianças de um a cinco anos de idade morrem em acidentes deste tipo no país. Depois delas, os idosos aparecem como principais atingidas pelo problema, somando 33% das mortes”.

O sistema funciona como uma pequena tela que oferece uma visão de 180° da parte traseira do carro quando a ré é engatada, o que pode prevenir colisões ou atropelamentos.

“A vantagem da câmera em relação aos sensores de estacionamento, por exemplo, é a possibilidade de visualizar pessoas ou objetos em movimento a grandes distâncias, o que aumenta a chance do motorista reagir a tempo de evitar a batida”, esclarece.

Especialistas de trânsito no Brasil já consideram incontestável a relação das câmeras de ré com a segurança de condutores e pedestres, embora acreditem que não seria uma medida adotada a curto prazo no País. Mas garantem que isso já foi enfrentado em relação ao uso de outros itens, como freios ABS, e que depois os condutores se habituam sem maiores problemas.

Os especialistas também garantem que a câmera de ré não é um equipamento caro.

Diante de todas essas ponderações, para melhorar a segurança no trânsito, seria interessante, no momento, começar a obrigatoriedade pelos veículos maiores, que trazem mais riscos de acidentes pela falta de visibilidade.


Sobre João Andrade

João Eliezio Santos Andrade (João Andrade), Trindadense por natureza. Dono de um olhar altamente Futurista, nasceu na Cidade de Araripina - PE aos 11 de maio de 1995. João Andrade tem 11 irmãos todos Filhos de Maria Odetiza dos Santos Andrade e de Gerson Brando de Andrade. Desde criança sonhava em ser comunicador. Na escola era o líder dos protagonistas, hoje presidente da única Associação de Radiodifusão no município de Trindade, luta desde o ano de 2010 por uma Radio Comunitária para a população.
«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

O espaço para comentários permite que aqueles que acessam este blog possam exprimir a sua opinião em relação ao tema tratado livremente de forma que não contenha qualquer tipo de crime, viole as leis do Brasil, divulgue produtos ou serviços e spams.

As opiniões expressas nos comentários não significam a posição do Blog João Andrade.

Assine