Slider[Style1]

Style2

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style5[ImagesOnly]

Style6


Paulo Câmara
O Programa Mãe Coruja Pernambucana, uma das estratégias mais bem sucedidas do Governo Eduardo Campos, trouxe vida e esperança para milhares de mães e crianças do nosso estado. Um trabalho que quero e vou dar continuidade a partir do próximo ano.


Durante o governo de Eduardo, a nossa querida Renata Campos foi uma das coordenadoras do programa. O resultado disso foi a cobertura de 100% dos municípios onde a mortalidade infantil encontrava-se acima da taxa de 25 mortes para cada grupo de 1.000 crianças. Com isso conseguimos reduzir em 37,98% na mortalidade infantil e em 14% na taxa de óbitos maternos. É um trabalho que deve ser contínuo e que merece ser ampliado. A vida dos pernambucanos é nossa prioridade.


Entre as milhares de pessoas atendidas pelo programa, encontramos Lourdinha da cidade de Trindade-PE, mãe de Tainá e Gustavo. Ela e os seus dois filhos fazem parte do programa que acompanha o dia a dia de mulheres e seus filhos, dando não apenas amparo e saúde, mas amor e carinho num dos momentos mais importantes da vida.

Sobre João Andrade

João Eliezio Santos Andrade (João Andrade), Trindadense por natureza. Dono de um olhar altamente Futurista, nasceu na Cidade de Araripina - PE aos 11 de maio de 1995. João Andrade tem 11 irmãos todos Filhos de Maria Odetiza dos Santos Andrade e de Gerson Brando de Andrade. Desde criança sonhava em ser comunicador. Na escola era o líder dos protagonistas, hoje presidente da única Associação de Radiodifusão no município de Trindade, luta desde o ano de 2010 por uma Radio Comunitária para a população.
«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

O espaço para comentários permite que aqueles que acessam este blog possam exprimir a sua opinião em relação ao tema tratado livremente de forma que não contenha qualquer tipo de crime, viole as leis do Brasil, divulgue produtos ou serviços e spams.

As opiniões expressas nos comentários não significam a posição do Blog João Andrade.

Assine