Slider[Style1]

Style2

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style5[ImagesOnly]

Style6

inocente
O plaqueiro Manoel Neto da Silva, de 27 anos, natural de Barra de São Pedro, Distrito de Ouricuri, que foi detido nessa quarta-feira (23) no Distrito de Morais, em Araripina, não é o maníaco da seringa, como foi divulgado por quase toda imprensa da região.
Tudo começou após ele ver a presença da polícia e tentar correr para a caatinga, mas foi alcançado, detido e conduzido para a DPC local. A PM agiu corretamente no cumprimento do dever e lhe tirou das mãos da população irada, que certamente iriam lincha-lo.
O problema é que o rapaz preso não tem nada a ver com o maníaco da seringa. Esse mesmo rapaz, antes de sua detenção em Araripina, há dias atrás foi pego em Trindade sob suspeita de estupro, mas como nada foi confirmado e não houve provas contra ele, o mesmo foi posto em liberdade e estava trabalhando como plaqueiro com alguns amigos no Distrito do Morais.
Quando Manoel Neto foi detido em Trindade, alguém tirou sua foto algemado na viatura e postou nas redes sociais, relatando que o mesmo era estuprador, aidético e maníaco. Isso foi o suficiente para a vida dele virar um inferno. Moradores das 10 cidades da Região do Araripe estavam em alerta, e como a foto dele estava em quase todos os celulares de moradores da região, uma verdadeira caçada estava sendo preparada contra um inocente.
Para piorar ainda mais a situação, a polícia militar e a imprensa era a todo o momento nos últimos dias acionadas e recebiam relatos do suposto maníaco correndo atrás de estudantes na zona urbana e rural do município, mas as vítimas nunca apareciam, ao contrario das denúncias que chegavam toda hora, muitas delas fantasiosas e mentirosas, com uma bola de neve de mentira que crescia a cada dia.
Do momento que foi preso, na manhã de hoje até agora, às 22:00, não chegou nenhuma vítima na delegacia para fazer o reconhecimento ou acusá-lo, além do mais a delegada Katiana Muniz nos revelou que contra ele não existe mandado de prisão e nem queixa nas 10 delegacias da região, ou seja, não existe nenhum procedimento formalizado contra o plaqueiro. Uma foto e um comentário maldoso nas redes sociais quase tiram a vida de um jovem trabalhador que relatou que tudo isso é uma invenção e que o mesmo não é doente como disseram e faz o teste de HIV para provar. 
Reportagem e foto: Blog do Fredson Paiva

Sobre João Andrade

João Eliezio Santos Andrade (João Andrade), Trindadense por natureza. Dono de um olhar altamente Futurista, nasceu na Cidade de Araripina - PE aos 11 de maio de 1995. João Andrade tem 11 irmãos todos Filhos de Maria Odetiza dos Santos Andrade e de Gerson Brando de Andrade. Desde criança sonhava em ser comunicador. Na escola era o líder dos protagonistas, hoje presidente da única Associação de Radiodifusão no município de Trindade, luta desde o ano de 2010 por uma Radio Comunitária para a população.
«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

O espaço para comentários permite que aqueles que acessam este blog possam exprimir a sua opinião em relação ao tema tratado livremente de forma que não contenha qualquer tipo de crime, viole as leis do Brasil, divulgue produtos ou serviços e spams.

As opiniões expressas nos comentários não significam a posição do Blog João Andrade.

Assine