Slider[Style1]

Style2

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style5[ImagesOnly]

Style6

Quem de nós nunca ouviu esta frase na casa dos pais: “Diga-me com quem andas e te direi quem és!”. Ela se tornou clássica a nossos pais quando eles queriam nos afastar da má influência das companhias. Eles tinham de fato toda a verdade. Sabiam muito bem as confusões que poderíamos aprontar se seguimos as orientações destes maus companheiros. Eles queriam que evitássemos estes constrangimentos, para nós e especial para eles.

A frase “Diga-me com quem andas e te direi quem és!” tem fundamento bíblico?. De onde a frase saiu? Ela realmente esta escrita na Bíblia?

Encontramos as respostas mais desencontradas para ela. Muitos dizem que sim, e indicam até o livro que ela está, nos Provérbios ou no livro dos Salmos. Outros vão mais longe afirmam que foi Jesus que disse. Até poderíamos admitir que Jesus disse em discursos de parábolas esta frase ou outras vezes citava escritos do Antigo Testamento afirmando para que fossem cumpridas as profecias de Isaías, entretanto a frase como se apresenta não foi de Jesus e tão pouco encontramos a frase escrita na bíblia.

Seria um ditado popular?

Se não é de Jesus e não encontramos na Bíblia, tal e qual citamos em nossas conversas então seria ela um ditado popular? Digamos que esta frase: “diga-me com que tu andas e te direi quem és”, seja um ditado popular. Ainda assim nos perguntamos. Poderia aplicá-la na vida e na educação dos filhos? Não é uma frase do tempo já passado e superado. Será que devemos aplicá-la realmente hoje? E mais, será que devemos usar essa frase na nossa vida cristã, já que ela não está escrita na Bíblia?

Concluindo:

Podemos dizer que ela não está escrita na Bíblia, mas também que ela está na Bíblia! Isto é, em outras palavras, podemos encontrá-la na Bíblia de forma semelhante, em outras palavras, de forma contextual. Tendo o mesmo significado.

Busquemos na Bíblia alguns versículos que ajudem entender este “dito popular”.

Provérbios 13, 20 nos diz:

“20 Quem anda com os sábios será sábio; mas o companheiro dos tolos sofre aflição.” (Provérbios 13, 20)

Salmos 1, 1-6 assim fala:

“1 Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores;

2 antes tem seu prazer na lei do Senhor, e na sua lei medita de dia e noite.

3 Pois será como a árvore plantada junto às correntes de águas, a qual dá o seu fruto na estação própria, e cuja folha não cai; e tudo quanto fizer prosperará.

4 Não são assim os ímpios, mas são semelhantes à moinha que o vento espalha.

5 Pelo que os ímpios não subsistirão no juízo, nem os pecadores na congregação dos justos;

6 porque o Senhor conhece o caminho dos justos, mas o caminho dos ímpios conduz à ruína.” (Salmos 1, 1-6)

Finalizando pensemos que muito além dos ditados populares, que na conversa do dia a dia utilizamos, está a orientação de Deus para uma vida plena, completa e feliz. Sua palavra nos alerta, orienta e conforta. Porque não utilizamos mais as frases e ditos de Jesus ou versículos da Bíblia em nossas conversas!!!

Sobre João Andrade

João Eliezio Santos Andrade (João Andrade), Trindadense por natureza. Dono de um olhar altamente Futurista, nasceu na Cidade de Araripina - PE aos 11 de maio de 1995. João Andrade tem 11 irmãos todos Filhos de Maria Odetiza dos Santos Andrade e de Gerson Brando de Andrade. Desde criança sonhava em ser comunicador. Na escola era o líder dos protagonistas, hoje presidente da única Associação de Radiodifusão no município de Trindade, luta desde o ano de 2010 por uma Radio Comunitária para a população.
«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

1 comentários:

  1. Eu nunca encontrei esta frase em nenhuma das várias leituras que fiz na bíblia. Esse é um adágio popular.

    ResponderExcluir

O espaço para comentários permite que aqueles que acessam este blog possam exprimir a sua opinião em relação ao tema tratado livremente de forma que não contenha qualquer tipo de crime, viole as leis do Brasil, divulgue produtos ou serviços e spams.

As opiniões expressas nos comentários não significam a posição do Blog João Andrade.