Slider[Style1]

Style2

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style5[ImagesOnly]

Style6



João Andrade: Quem é o Jorge Moreira (Jorge do Acordeon)?

Jorge do Acordeon: Uma pessoa preocupada em manter as tradições do forró autêntico, que vem sofrendo com a falta de divulgação de rádios e emissoras de TV no país.

João Andrade: Há quanto tempo à música vem fazendo parte da sua vida?

Jorge do Acordeon: Estou na estrada há 14 anos. Desde criança ouvia muita música na casa dos meus pais, pois lá é uma casa musical, não no aspecto de serem músicos, mas sim por gostarem consideravelmente de música todos os dias. Cresci ouvindo boa música na “radiola” do meu Pai.

João Andrade: Como a música apareceu na sua vida? Quando começou a surgir as primeiras composições e sobre o que falavam?

Jorge do Acordeon: Em 1997 meu pai comprou minha primeira sanfona de brinquedo, comecei a gostar do instrumento e aos 12 anos de idade tive aulas de sanfona com o Sr. Elias Vicente, também de Trindade-PE, sanfoneiro pioneiro na região do Araripe. Fiz minhas primeiras composições com 15 anos, era música instrumental de sanfona. Depois de alguns anos compus música com letras, que falam de amor, de saudade, do caboclo sertanejo, do sertão, enfim tudo que lembra à nossa cultura nordestina.

João Andrade: Quais suas inpiraçoes pra compor? O que mais te motiva?

Jorge do Acordeon: Amor, estar em paz consigo mesmo, ouvir muito o mestre Luiz Gonzaga (risos)... Me motiva saber que o nordeste musical tem muita coisa boa e bonita pra oferecer ao Brasil que ainda não conhece tudo sobre nós, que curiosamente também somos brasileiros.

João Andrade: Quem são suas influências na música?

Jorge do Acordeon: Luiz Gonzaga, Dominguinhos, Jackson do Pandeiro, Djavan, Gilberto Gil, Fagner. 

João Andrade: Quais Bandas Você já fez parte?

Jorge do Acordeon: Arquivo Musical, Banda Shock, Doce Malícia, Meu Xodó, Tacyo Carvalho, Marcas da Paixão, Menino Bicho, Mala Sem Alça e Kangaia de Luxo.

João Andrade: Qual foi o momento mais marcante na sua carreira? 

Jorge do Acordeon: Quando consegui gravar meu primeiro disco.


João Andrade: Bate bola (Jogo rápido)

Um amigo: Jesus
Um medo: Perder a Fé
Um sonho: Ver a fome se acabar no mundo
Uma música: O que é o que é (Gonzaguinha)
Uma paixão: Minha família
Uma comida: Buchada 
Um livro: Mentes Geniais (Alberto Dell'Isola)
Um lugar: Trindade 
Uma pessoa: Meu Pai
Um lazer: Praia
Uma meta: Ser humilde sempre 
A música é: Minha Vida!

Momento em família.

João Andrade: Jorge, nosso muito obrigado. Gostaríamos que você deixasse um recado para seus fãs e internautas do blog João Andrade.

Jorge do Acordeon: Peço a todos que nunca abandonem a nossa cultura nordestina que é tão fascinante, Abraço a todos e muito Obrigado. 

Jorge do Acordeon eu João Andrade seu fã e idealizador deste Blog agradeço todo o seu carinho e atenção! Parabéns pelo seu talento, garra, força de vontade e amor pela música. Siga sempre olhando pra frente, nós estamos torcendo por você! 



Sobre João Andrade

João Eliezio Santos Andrade (João Andrade), Trindadense por natureza. Dono de um olhar altamente Futurista, nasceu na Cidade de Araripina - PE aos 11 de maio de 1995. João Andrade tem 11 irmãos todos Filhos de Maria Odetiza dos Santos Andrade e de Gerson Brando de Andrade. Desde criança sonhava em ser comunicador. Na escola era o líder dos protagonistas, hoje presidente da única Associação de Radiodifusão no município de Trindade, luta desde o ano de 2010 por uma Radio Comunitária para a população.
«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Assine