Slider[Style1]

Style2

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style5[ImagesOnly]

Style6

Saindo da Igreja de Nossa Senhora Rainha da Paz, Vila Saraiva, os fieis caminharam até a Igreja Matriz, onde houve o hasteamento da bandeira e recitação do Santo Terço.
Em seguida o Padre Domingos Pedro saudou a todos os paroquianos e visitantes, apresentando o Padre Natel da Paróquia de Santa Ana, da cidade de Parnamirim, o qual presidiu a santa missa nessa noite de festa.

Em meio a uma bela estrutura montada, os presentes puderam participar de forma alegre e empolgadada festa que tem como tema: TEMA: ‘‘Família, Igreja Doméstica e Missionária’’. Estou no meio de vós como aquele que serve. LC 22,27.
Em sua homilia o Pe. Natel, explicando a liturgia do dia, cujo evangelho fala sobre a parábola do semeador, chamou a atenção de todos para a necessidade do acolhimento da palavra de Deus, sendo cristãos em todas as ocasiões e não somente dentro das celebrações festivas.

“Que a semente semeada aqui nesta festa possa encontrar corações preparados para recebê-la com amor e fidelidade”. disse ele.

Ressaltou a importância da família no processo de obediência a Deus e à sua palavra, fazendo um comparativo entre igreja e família: assim como cristo, que é a cabeça, amou a igreja, desejando que ela fosse fiel até o fim dos tempos, os pais que são a cabeça da família devem agir desta forma, isto é, amando e se doando mutuamente, levando nossas famílias para a obediência a Deus.

O Padre falou também da intercessão que se faz presente na igreja desde seu início, e que devemos sempre interceder uns pelos outros, a exemplo dos santos. “E que se alguém critica e persegue algum cristão por acreditar na intercessão, nossa e dos santos, está perseguindo o próprio Cristo”.Exemplificando, citou a São Paulo, que ouviu a voz de Cristo perguntando por que ele o perseguia. “Naquela ocasião Saulo perseguia os Cristãos. Logo se alguém persegue os Cristãos, persegue o próprio Jesus”. Complementou.

Continuando, explicou que Deus em seu plano salvífico poderia fazer tudo sozinho, mas Ele sempre se utiliza de pessoas como colaboradoras. Como os profetas e os santos, ele nos chama a essa colaboração. Como Maria e José cuidaram de Jesus, sendo assim cuidadores do Salvador, salvando-o da morte na perseguição de Herodes. Por isso não devemos dar as costas à Sagrada Família disse ele.


“Não temos que temer às imagens, pois não devemos confundir o culto pagão de adoração aos ídolos, com nossas celebrações festivas”.

Explicou que quando Deus condena o culto pagão, o contexto é de um tempo em que todas as nações, exceto Israel, são pagãs e que possuem um deus para cada coisa. Nessa ocasião o povo de Israel estava sendo levada para esse mesmo caminho, isto é, abandonando o Deus verdadeiro e cultuando deuses pagãos.

Porém em outro contexto Deus manda fazer imagens, se agrada delas e até fala com o seu povo no meio dessas imagens. Como exemplo do templo construído pelo rei Salomão e também da serpente no deserto, em que Deus manda Moisés e Arão a produzirem, para curar as pessoas que eram mordidas por serpentes.
A novena teve sequencia com os ritos da Santa Missa, em seguida os avisos e convites para a participação das outras noites.

Fonte: PASCOM Paróquia Sagrada Família

Fotos: João Andrade



Click na foto para ir ao Álbum

Sobre João Andrade

João Eliezio Santos Andrade (João Andrade), Trindadense por natureza. Dono de um olhar altamente Futurista, nasceu na Cidade de Araripina - PE aos 11 de maio de 1995. João Andrade tem 11 irmãos todos Filhos de Maria Odetiza dos Santos Andrade e de Gerson Brando de Andrade. Desde criança sonhava em ser comunicador. Na escola era o líder dos protagonistas, hoje presidente da única Associação de Radiodifusão no município de Trindade, luta desde o ano de 2010 por uma Radio Comunitária para a população.
«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Assine