Slider[Style1]

Style2

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style5[ImagesOnly]

Style6

20/10/2016

Nós que fazemos o grupo Paixão de Cristo, que carregamos em nós o sentimento de que é uma tarefa sobretudo de evangelização. Ao qual desde 1991 levantamos a bandeira da união entre fraternidade e da solidariedade como eixos estruturantes para esta finalidade de evento. Tornamos público que não é, e em nenhum momento cogitou-se entre os nossos objetivos a segregação ou monopólio desse momento tão relevante para a religiosidade local e regional. Todo o processo de construção desse objetivo, apoia-se no pressuposto da coletividade e esforço conjunto e coerente com todos os interessados, inclusive os representantes das autoridades públicas e principalmente religiosa. Inclusive só não foi entregue ainda por respeito à ordem cronológica dos fatos. O que não exime a nossa obrigatoriedade de fazer a pré-produção do mesmo. 

Estando certos que o projeto que manifestamos a disposição de realizar, está ainda em processo de elaboração e análise, não cabendo a banalização desmedida e incoerente com o mesmo. Expressamos aqui,

Após os últimos acontecimentos, onde nos vimos lezados ao ver que o nosso propósito foi distorcido e empregado de forma desleal quanto a veracidade dos fatos. Atestamos por meio de provas concretas e conclusivas os nossos reais propósitos documentados e entregues à todos os interessados, cuja outra parte que se diz vitimada não aceitou o acordo de cooperação, recusando-se inclusive a assinar o reconhecimento do mesmo.

Concluímos que esta realidade não condiz com a imagem proposta de quem pleiteia ser o portador das palavras do evangelho. 

Confira a baixo na íntegra, o documento de colaboração ao qual a outra parte se recusou a reconhecer. Deixando claro que o seu único objetivo é o de auto promoção e não trabalho em equipe.

Certos de que o amor em Cristo, e a inspiração do Divino Espírito Santo, trará luz aos fatos. 

Continuamos abertos ao diálogo e a comunhão.

Que Deus abençoe a todos.

Grupo Paixão de Cristo



Sobre João Andrade

João Eliezio Santos Andrade (João Andrade), Trindadense por natureza. Dono de um olhar altamente Futurista, nasceu na Cidade de Araripina - PE aos 11 de maio de 1995. João Andrade tem 11 irmãos todos Filhos de Maria Odetiza dos Santos Andrade e de Gerson Brando de Andrade. Desde criança sonhava em ser comunicador. Na escola era o líder dos protagonistas, hoje presidente da única Associação de Radiodifusão no município de Trindade, luta desde o ano de 2010 por uma Radio Comunitária para a população.
«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

O espaço para comentários permite que aqueles que acessam este blog possam exprimir a sua opinião em relação ao tema tratado livremente de forma que não contenha qualquer tipo de crime, viole as leis do Brasil, divulgue produtos ou serviços e spams.

As opiniões expressas nos comentários não significam a posição do Blog João Andrade.

Assine