Slider[Style1]

Style2

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style5[ImagesOnly]

Style6





Por toda a minha vida
Oh Senhor, te louvarei
Pois meu fôlego é a Tua vida
E nunca me cansarei

Posso ouvir a tua voz
É mais doce do que o mel
Que me tira desta cova
E me leva até o céu

Já vi fogo e terremotos
Vento forte que passou
Já vivi tantos perigos
Mas Tua voz me acalmou

Tu dás ordem às estrelas
E ao mar, os seus limites
Eu me sinto tão seguro
No Teu colo, oh, Altíssimo

Não há ferrolhos
Nem portas que se fechem diante da Tua voz
Não há doenças, nem culpa
Que fiquem de pé diante de nós

E a tempestade se acalma
Na voz daquele que tudo criou
Pois Sua palavra é pura
Escudo para os que n'Ele creem

Não há ferrolhos
Nem portas que se fechem diante da Tua voz
Não há doenças, nem culpa
Que fiquem de pé diante de nós

E a tempestade se acalma
Na voz daquele que tudo criou
Pois Sua palavra é pura
Escudo para os que n'Ele creem

Sobre João Andrade

João Eliezio Santos Andrade (João Andrade), Trindadense por natureza. Dono de um olhar altamente Futurista, nasceu na Cidade de Araripina - PE aos 11 de maio de 1995. João Andrade tem 11 irmãos todos Filhos de Maria Odetiza dos Santos Andrade e de Gerson Brando de Andrade. Desde criança sonhava em ser comunicador. Na escola era o líder dos protagonistas, hoje presidente da única Associação de Radiodifusão no município de Trindade, luta desde o ano de 2010 por uma Radio Comunitária para a população.
«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

O espaço para comentários permite que aqueles que acessam este blog possam exprimir a sua opinião em relação ao tema tratado livremente de forma que não contenha qualquer tipo de crime, viole as leis do Brasil, divulgue produtos ou serviços e spams.

As opiniões expressas nos comentários não significam a posição do Blog João Andrade.

Assine