Slider[Style1]

Style2

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style5[ImagesOnly]

Style6

19/04/2018



O avanço da criminalidade no Interior de Pernambuco e a falta de policiamento levaram a Justiça a cobrar do Governo do Estado medidas efetivas para garantir a segurança da população. A Vara Única de Ipubi acolheu pedido do Ministério Público de Pernambuco (MPPE) concedeu decisão liminar determinando que o Estado designe, no mínimo, 40 policiais militares dentre os recém-formados neste mês de abril para reforçar o efetivo da 9ª Companhia Independente de Polícia Militar de Araripina, no Sertão.

Deste forma, os municípios contemplados com mais policiamento serão Ipubi, Trindade e Araripina. “A Promotoria de Justiça concluiu pela insuficiência de policiais na unidade, onde verifica-se uma sobrecarga muito grande dos policiais em virtude da deficiência de efetivo”, afirmou o promotor Bruno Miquelão Gottardi.

De acordo com a Secretaria de Defesa Social (SDS), a cidade de Araripina registrou nove assassinatos e 98 roubos no primeiro trimestre deste ano. Já Trindade contabilizou quatro mortes e 23 roubos neste mesmo período. Ipubi registrou 19 homicídios.

Na ação civil pública que exigiu mais segurança para as três cidades, o Ministério Público pontou que o baixo número de policiais militares gera dificuldades para o funcionamento de todo o sistema de segurança pública e Justiça na região, como a demora no deslocamento de presos para audiências de custódias e plantões na cidade de Ouricuri e a consequente redução da presença ostensiva do efetivo policial nas cidades.

Esses problemas são acentuados, segundo o promotor Bruno Miquelão, pela extensão territorial das três cidades, que contam com distritos afastados e com população elevada. “Estudo realizado pela ONU aponta que o número ideal de habitantes por policial é de 450. A partir do somatório da população dos três municípios, que é de 144.359 habitantes, chegamos ao resultado assustador de que há, aqui, um policial para cada 1.024 pessoas”, disse.

Por: Ronda Jc

Sobre João Andrade

João Eliezio Santos Andrade (João Andrade), Trindadense por natureza. Dono de um olhar altamente Futurista, nasceu na Cidade de Araripina - PE aos 11 de maio de 1995. João Andrade tem 11 irmãos todos Filhos de Maria Odetiza dos Santos Andrade e de Gerson Brando de Andrade. Desde criança sonhava em ser comunicador. Na escola era o líder dos protagonistas, hoje presidente da única Associação de Radiodifusão no município de Trindade, luta desde o ano de 2010 por uma Radio Comunitária para a população.
«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

O espaço para comentários permite que aqueles que acessam este blog possam exprimir a sua opinião em relação ao tema tratado livremente de forma que não contenha qualquer tipo de crime, viole as leis do Brasil, divulgue produtos ou serviços e spams.

As opiniões expressas nos comentários não significam a posição do Blog João Andrade.

Assine