Slider[Style1]

Style2

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style5[ImagesOnly]

Style6

24/07/2018


Homens foram presos por policiais militares com duas armas e distintivos da Polícia Civil, em Condado, na Zona da Mata de Pernambuco (Foto: Polícia Militar/Divulgação)

Quatro homens foram presos com duas armas de fogo no município de Condado, na Zona da Mata de Pernambuco, distante 58 quilômetros do Recife, no domingo (22). Segundo a Polícia Militar, três deles estavam utilizando uniformes e distintivos da Polícia Civil durante a abordagem.

A polícia chegou até o grupo após uma denúncia feita para a equipe de inteligência da 3ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) de que havia homens praticando assaltos na região. Eles estariam em um veículo Fox, na cor branca.

Com apoio da equipe da Ronda Ostensiva com Apoio de Motocicletas (Rocam), o carro foi localizado na Rua Maria José Bezerra de Menezes, no centro de Condado. Durante abordagem, os PMs descobriram que três deles estavam utilizando fardamentos e distintivos da Polícia Civil. Além disso, foram apreendidos um revólver calibre 38 e uma pistola .380 com o grupo.

Segundo a PM, eles confessaram que iriam cobrar uma dívida naquela rua. Mais a frente, os policiais notaram outro veículo estacionado em um posto de combustível, onde estaria um quinto suspeito. Ao observar a aproximação dos militares, ele atirou contra a equipe, que revidou, chegando a acertar o pneu do carro.

O quinto suspeito conseguiu fugir, abandonando o veículo no local. Os outros quatro homens e as armas foram encaminhados para a Delegacia de Plantão de Goiana, na Região Metropolitana do Recife, para serem adotadas as medidas cabíveis. O G1 entrou em contato com a Polícia Civil para saber por quais crimes eles vão responder e aguarda resposta.

Armas de fogo foram apreendidas em Condado, na Zona da Mata de Pernambuco, no domingo (22) (Foto: Polícia Militar/Divulgação)

Homicídio

Em fevereiro deste ano, três jovens foram executados em Enseada dos Corais, no Cabo de Santo Agostinho, na Região Metropolitana do Recife. Na ocasião, o delegado responsável pelo caso relatou que os executores se passaram por policiais para cometer o crime.

Por G1 PE

Sobre João Andrade

João Eliezio Santos Andrade (João Andrade), Trindadense por natureza. Dono de um olhar altamente Futurista, nasceu na Cidade de Araripina - PE aos 11 de maio de 1995. João Andrade tem 11 irmãos todos Filhos de Maria Odetiza dos Santos Andrade e de Gerson Brando de Andrade. Desde criança sonhava em ser comunicador. Na escola era o líder dos protagonistas, hoje presidente da única Associação de Radiodifusão no município de Trindade, luta desde o ano de 2010 por uma Radio Comunitária para a população.
«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

O espaço para comentários permite que aqueles que acessam este blog possam exprimir a sua opinião em relação ao tema tratado livremente de forma que não contenha qualquer tipo de crime, viole as leis do Brasil, divulgue produtos ou serviços e spams.

As opiniões expressas nos comentários não significam a posição do Blog João Andrade.

Assine