Slider[Style1]

Style2

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style5[ImagesOnly]

Style6

09/10/2018


Carteira estava em agência bancária onde desempregado não conseguiu crédito. Ele procurou PM e pediu ajuda para achar dono; dinheiro era de sargento aposentado.

Walter Hudson dos Santos, de 47 anos, é motorista e está desempregado há 3 anos. Na segunda-feira (8) ele foi a uma agência bancária, em Brasília, pedir um empréstimo de R$ 250 para pagar contas. O dinheiro foi negado, mas quando ele saia do banco encontrou uma carteira com R$ 3,4 mil.

"Quando olhei para o lado, tinha uma carteira cheia de nota de R$ 100 para fora. Eu peguei, como não encontrei o dono, preferi sair para procurar."

O desempregado procurou a Polícia Militar e pediu ajuda para encontrar o dono do dinheiro. Para surpresa de todos, a carteira pertencia a um PM aposentado, o sargento José Pedro da Silva, de 50 anos.

Silva tinha ido até a agência no Recanto das Emas para pagar as contas da família. "Tinha arrecadado esse valor com meus irmãos, que são mais humildes que eu", contou ao G1.


"Fiquei triste pelo valor e ficava pensando na situação finaceira que eu estava passando", disse o aposentado. Na carteira, havia também dois cheques, cartões de crédito e a carteira militar do aposentado.

"Esse ato renovou minha esperança. Gostaria que os novos políticos se inspirassem no povo, nesse exemplo a seguir."

Honestidade

O motorista desempregado Walter Hudson dos Santos disse ao G1 que "em nenhum momento pensou em ficar com o dinheiro". Ele lembra que ficou chateado com a negativa do empréstimo de R$ 250 no banco, mas ainda sim, ao encontrar o dinheiro, preferiu ir até um posto policial buscar ajuda para localizar o dono.

"Um grande homem me ensinou lá no Piauí que todo nome me cabe, menos o nome de ladrão. Essa frase carrego no meu coração para sempre."

O encontro

No posto da Polícia Militar, o rapaz que está sem emprego e diz "passar por dificuldades" contou sobre a carteira encontrada e foi elogiado pelos PMs. Com a identificação do sargento em mãos, eles localizaram o aposentado e marcaram um encontro.

No local combinado, Hudson e José Pedro se viram pela primeira vez, trocaram abraços e convites para uma nova amizade (veja vídeo acima). Na gravação feita por policiais, o dono da carteira agradece pela atitude e o desempregado que devolveu o dinheiro é firme na atitude.

"Vale a pena ser honesto, ninguém perde por isso."

Apesar do momento não ter sido filmado, o policial aposentado que recuperou o dinheiro presenteou Hudson com R$ 500 reais. O valor será usado por ele para comprar alimentos, gás de cozinha e remédios para mãe.

Por G1

Sobre João Andrade

João Eliezio Santos Andrade (João Andrade), Trindadense por natureza. Dono de um olhar altamente Futurista, nasceu na Cidade de Araripina - PE aos 11 de maio de 1995. João Andrade tem 11 irmãos todos Filhos de Maria Odetiza dos Santos Andrade e de Gerson Brando de Andrade. Desde criança sonhava em ser comunicador. Na escola era o líder dos protagonistas, hoje presidente da única Associação de Radiodifusão no município de Trindade, luta desde o ano de 2010 por uma Radio Comunitária para a população.
«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

O espaço para comentários permite que aqueles que acessam este blog possam exprimir a sua opinião em relação ao tema tratado livremente de forma que não contenha qualquer tipo de crime, viole as leis do Brasil, divulgue produtos ou serviços e spams.

As opiniões expressas nos comentários não significam a posição do Blog João Andrade.

Assine