Slider[Style1]

Style2

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style5[ImagesOnly]

Style6

07/03/2019

Considerado como o primeiro movimento pela independência do Brasil, o dia 6 de março é, a partir deste ano, Data Magna de Pernambuco.

Foto: Reprodução / Youtube

O dia 6 de março desse ano não é apenas o dia da Quarta-feira de Cinzas, mas também é feriado da Data Magna de Pernambuco. O feriado foi instituído em 2017 para relembrar a importância da Revolução Pernambucana de 1817, não só para o estado como para a história do país.
A Data Magna de Pernambuco também é conhecida como Revolução dos Padres, que uniu forças e classes com o clero católico para lutar pela liberdade de pensamento, pelos direitos de cidadania e direitos humanos. O estado independente durou cerca de 70 dias.

Para marcar a data, o governador Paulo Câmara comanda solenidade de hasteamento da bandeira de Pernambuco, nesta quarta-feira (6), às 16h, em frente ao Palácio do Campo das Princesas, na área central do Recife.

Segundo o pesquisador, jornalista e professor Leonardo Dantas, a Data Magna de Pernambuco é significativa para todos os brasileiros. “Se essa data fosse acontecesse no sul do país seria feriado nacional, pois ela é muito mais importante do que o dia 21 de abril, feriado de Tiradentes. Pela primeira vez se proclamou uma república no Brasil”, contou Leonardo.

Cada estado tem a sua Data Magna, direito previsto em Lei Federal, que garante que todas sejam feriados. Em Pernambuco, a escolha do dia 6 de março como a Data Magna do Estado foi feita através de uma consulta popular em 2007, promovida pela Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), através da proposta da deputada estadual Terezinha Nunes, do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB).

Segundo Terezinha, a data é importante para lembrar aos pernambucanos que é preciso conhecer e se orgulhar da sua história de luta. “Pernambuco é reconhecido como o estado brasileiro de história mais importante. Pernambuco passou a ser um estado que tem importância fundamental no pais na questão da política. Por tudo que passou aqui é importante que o povo pernambucano comemore essa data”, afirmou Terezinha.

Em 2017, quando a Revolução Pernambucana completou 200 anos, a data foi transformada em feriado estadual, através da aprovação da lei de número 1.245, dos deputados Isaltino Nascimento do Partido Socialista Brasileiro (PSB) e Terezinha Nunes.

De acordo com Isaltino, Pernambuco sempre esteve à frente do tempo nas lutas pela igualdade social. “A data é uma forma de mostrar a importância dessa data. Se fala muito da emancipação feminina, luta contra o preconceito e Pernambuco fez isso, foi referência. Essa data nos orgulha bastante para podermos marcar que 3 mil pessoas foram assassinadas 202 anos atrás para que nós pudéssemos ter liberdade”, finalizou. 

Por: Blog do Roberto 

Sobre BLOG DO JOÃO ANDRADE

João Eliezio Santos Andrade (João Andrade), Trindadense por natureza. Dono de um olhar altamente Futurista, nasceu na Cidade de Araripina - PE aos 11 de maio de 1995. João Andrade tem 11 irmãos todos Filhos de Maria Odetiza dos Santos Andrade e de Gerson Brando de Andrade. Desde criança sonhava em ser comunicador. Na escola era o líder dos protagonistas, hoje presidente da única Associação de Radiodifusão no município de Trindade, luta desde o ano de 2010 por uma Radio Comunitária para a população.
«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

O espaço para comentários permite que aqueles que acessam este blog possam exprimir a sua opinião em relação ao tema tratado livremente de forma que não contenha qualquer tipo de crime, viole as leis do Brasil, divulgue produtos ou serviços e spams.

As opiniões expressas nos comentários não significam a posição do Blog João Andrade.

Assine