Slider[Style1]

Style2

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style5[ImagesOnly]

Style6

02/01/2020


Atualização não é a mesma coisa que prova de vida, que deve ser feita no banco onde o segurado recebe o benefício.

Aposentados, pensionistas e beneficiários de auxílios do INSS devem manter os dados, como endereço, email e telefone, atualizados no instituto. No último dia 23, a autarquia publicou uma nota na sua página na internet alertando que as informações precisam estar em dia.

“Toda comunicação é feita por carta ou e-mail, quando cadastrado”, acrescenta Adriane Bramante, presidente do Instituto Brasileiro de Direito Previdenciário (IBDP).

Adriane adverte que manter os dados em dia é de extrema importância, porque “caso o INSS precise comunicar com o segurado e não tiver sucesso, ele geralmente suspende o benefício até que o segurado apareça”. Vale destacar que essa atualização não é a prova de vida feita anualmente pelos segurados.

De acordo com o instituto, a atualização pode ser feita pelo site Meu INSS ou pela Central Telefônica 135. No Meu INSS, é necessário fazer login, com uso do CPF e senha. Na coluna à esquerda, o beneficiário deve clicar em “Alterar dados de contato”. Em seguida, abrirá uma tela com os campos de endereço, e-mail e telefone, que podem ser atualizados pelo usuário.

Esse serviço também está disponível na Central 135, que funciona de segunda a sábado, de 7h às 22h. É necessário informar dados como número do benefício, data de nascimento, CEP, nome completo e CPF do beneficiário para realizar a atualização.

Não é prova de vida
Vale destacar que essa atualização de dados no INSS não é a prova de vida feita anualmente por aposentados e pensionistas que recebem por meio de conta-corrente, conta poupança ou cartão magnético.

Como regra geral, o procedimento deve ser feito na instituição bancária em que recebe o benefício. Existem bancos que utilizam a data do aniversário da pessoa, assim como há os que convocam o beneficiário no mês anterior ao vencimento da prova de vida.

Basta apresentar um documento de identificação com foto como carteira de identidade, carteira de trabalho, carteira nacional de habilitação, por exemplo. Algumas instituições financeiras já utilizam a tecnologia de biometria nos terminais de autoatendimento. 

Fonte: O Dia/Foto: reprodução

Sobre BLOG DO JOÃO ANDRADE

João Eliezio Santos Andrade (João Andrade), Trindadense por natureza. Dono de um olhar altamente Futurista, nasceu na Cidade de Araripina - PE aos 11 de maio de 1995. João Andrade tem 11 irmãos todos Filhos de Maria Odetiza dos Santos Andrade e de Gerson Brando de Andrade. Desde criança sonhava em ser comunicador. Na escola era o líder dos protagonistas, hoje presidente da única Associação de Radiodifusão no município de Trindade, luta desde o ano de 2010 por uma Radio Comunitária para a população.
«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

O espaço para comentários permite que aqueles que acessam este blog possam exprimir a sua opinião em relação ao tema tratado livremente de forma que não contenha qualquer tipo de crime, viole as leis do Brasil, divulgue produtos ou serviços e spams.

As opiniões expressas nos comentários não significam a posição do Blog João Andrade.

Assine