Slider[Style1]

Style2

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style5[ImagesOnly]

Style6

25/07/2020
Segundo a Universidade de Pernambuco, serão 10 semanas, entre 8 de setembro e 14 de novembro.

A Universidade de Pernambuco (UPE) anunciou, nesta quinta-feira (23), que vai oferecer um semestre suplementar, de forma remota e optativa, para retomar as atividades, suspensas desde 16 de março devido à pandemia do novo coronavírus.

De acordo com a instituição de ensino estadual, serão dez semanas, entre 8 de setembro a 14 de novembro, com atividades completamente desenvolvidas pela internet. Um auxílio financeiro também deverá ser oferecido para os alunos em vulnerabilidade social.

De acordo com o pró-reitor de graduação da UPE, Ernani Martins, antes do semestre suplementar, será feita uma semana de ambientação, entre 31 de agosto e 4 de setembro, para que os alunos, assim como os professores, sejam treinados a utilizar as plataformas virtuais de aprendizagem. Somente depois disso as atividades deverão ser iniciadas.

"Os semestres regulares de 2020 continuarão suspensos. Os que desejarem cursar as disciplinas poderão fazer isso em setembro. Não conta com reprovação, alguns componentes são obrigatórios e outros, optativos. Quem não quiser ou puder participar estará com a matrícula garantida, congelada, e assim que passar o semestre suplementar devemos retomar as atividades num semestre que deverá ser híbrido entre presencial e remoto", disse o pró-reitor.

Além disso, segundo a instituição de ensino, em agosto, deverá ser lançado um edital para que os estudantes em situação de vulnerabilidade social possam pedir auxílio financeiro para a compra de material tecnológico. Outro auxílio será oferecido para o fornecimento de internet a esses alunos.

"Estamos esperando a dotação orçamentária do governo de Pernambuco para saber o valor a ser oferecido, mas deve ser preço de mercado, não deve passar de R$ 1,5 mil", declarou o pró-reitor de Graduação.

IFPE


Campus Recife do IFP fica no bairro do Curado, Zona Oeste do Recife — Foto: Augusto César/TV Globo

Na segunda-feira (20), o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco (IFPE) anunciou a retomada das aulas do semestre 2020.1, de forma remota, a partir do dia 17 de agosto.

Em nota, a instituição disse que fez diversas ações para viabilizar o ensino nos 16 campi e dez polos de educação a distância, respeitando as especificidades de cada região e da situação dos alunos. Com isso, cada unidade terá autonomia para voltar às atividades na pandemia da Covid-19.

UFRPE


Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) fica na Zona Norte do Recife — Foto: Reprodução/TV Globo

A suspensão das aulas da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) ocorreu em 16 de março. Na sexta-feira (17), a instituição de ensino anunciou que vai implementar, a partir de agosto, um Período Letivo Excepcional (PLE), com dez semanas de aulas remotas para manter as atividades durante a pandemia. Também haverá auxílio financeiro de até R$ 1.380 para estudantes em situação de vulnerabilidade social.

UFPE

A Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) definiu que as atividades de graduação serão retomadas no dia 17 de agosto, de modo remoto, e os estudantes em vulnerabilidade terão apoio da instituição (veja vídeo acima). A pós-graduação, bem como mestrado e doutorado, já voltou aos trabalhos, também de forma remota.

Covid-19 em Pernambuco


Pernambuco registra novos 1.858 casos e 59 óbitos pela Covid-19 nesta quinta-feira (23)

Outros 1.858 casos da Covid-19 e 59 óbitos por causa dessa doença causada pelo novo coronavírus foram confirmados em Pernambuco nesta quinta-feira (23). Com isso, o estado passou a contabilizar 83.240 pessoas infectadas e 6.211 mortes, números que começaram a ser registrados em março, no início da pandemia.

Informações do G1 PE

Sobre BLOG DO JOÃO ANDRADE

João Eliezio Santos Andrade (João Andrade), Trindadense por natureza. Dono de um olhar altamente Futurista, nasceu na Cidade de Araripina - PE aos 11 de maio de 1995. João Andrade tem 11 irmãos todos Filhos de Maria Odetiza dos Santos Andrade e de Gerson Brando de Andrade. Desde criança sonhava em ser comunicador. Na escola era o líder dos protagonistas, hoje presidente da única Associação de Radiodifusão no município de Trindade, luta desde o ano de 2010 por uma Radio Comunitária para a população.
«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

O espaço para comentários permite que aqueles que acessam este blog possam exprimir a sua opinião em relação ao tema tratado livremente de forma que não contenha qualquer tipo de crime, viole as leis do Brasil, divulgue produtos ou serviços e spams.

As opiniões expressas nos comentários não significam a posição do Blog João Andrade.

Assine