Slider[Style1]

Style2

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style5[ImagesOnly]

Style6

01/08/2020

Doze novilhas e uma vaca morreram evenenadas após comeram manipueira (liquido extraído da mandioca quando ela é prensada no processo de fabricação da farinha). O incidente aconteceu nesta quarta-feira (29) em uma propriedade na Chapada do Araripe, no municíoio de Araripina, no Sertão de Pernambuco. De acordo com informações, o rebanho estourou uma cerca e invadiu outro terreno aonde o pasto era mais abundante.

Estudos da Embrapa indicam, que para que a manipueira deixe de ser um veneno e se transforme em um complemento alimentar seguro, basta submetê-la à fermentação anaeróbica, ou seja, deixar o líquido repousar durante 15 dias em um tanque cercado. O ácido cianídrico, considerado venenoso, evapora e resta a manipueira pronta para servir de complemento alimentar para o gado. O produtor deve ter o cuidado de proteger o tanque, pois caso um animal venha beber o liquido durante a fermentação, pode ser fatal.

Com informações do Blog do Roberto Gonçalves 

Sobre Blog João Andrade

João Eliezio Santos Andrade (João Andrade), Trindadense por natureza. Dono de um olhar altamente Futurista, nasceu na Cidade de Araripina - PE aos 11 de maio de 1995. João Andrade tem 11 irmãos todos Filhos de Maria Odetiza dos Santos Andrade e de Gerson Brando de Andrade. Desde criança sonhava em ser comunicador. Na escola era o líder dos protagonistas, hoje presidente da única Associação de Radiodifusão no município de Trindade, luta desde o ano de 2010 por uma Radio Comunitária para a população.
«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

O espaço para comentários permite que aqueles que acessam este blog possam exprimir a sua opinião em relação ao tema tratado livremente de forma que não contenha qualquer tipo de crime, viole as leis do Brasil, divulgue produtos ou serviços e spams.

As opiniões expressas nos comentários não significam a posição do Blog João Andrade.

Assine